Editorial Recomendações

Anicafé indica: Villain Initialization

©CuZn Moyou Tangman Culture

Ainda me lembro do dia em que saiu o primeiro capítulo. Estava buscando algo para ler, e achei esse. Botei na lista, mas não estava com muita fé nele. Até que peguei para ler. De início, eu não entendi o universo da obra, até que com o decorrer dos capítulos, eu ficava ansioso para entender cada vez mais desse incrível vilão (sim, eu tenho um fraco para vilões). Vamos falar de Villain Initialization!

Enredo

Ling Chen, ou, Panlos, foi um vilão por 35 anos. Até que, em sua batalha final contra seu arqui-inimigo, Ye Mu, Panlos acaba morto. Mas, por conveniência do destino, ele acaba “inicializando”, o que o leva para seus 17 anos de idade, nos quais Ye Mu ainda não despertou seus poderes, mas Ling Chen ainda é o gênio que sempre foi. Lógico, some também toda a sua experiência como um vilão.

Agora, seria a chance de Ling Chen usar sua genialidade para o bem? Não, é apenas uma chance de matar Ye Mu mais cedo e sair vivo dessa vez. Além de antecipar seus planos para virar o maior vilão do mundo. Essa é a história de um garoto maltratado que nasceu para ser bom e um garoto abandonado que nasceu para ser mau.

Opiniões

Eu adoro os dois protagonistas de Villain Initialization. Mesmo com Ling Chen alterando o passado deles, os caminhos que eles devem seguir não mudam. É interessante como ele não vê o tanto que sua vida mudou dessa vez. Ele não está mais sozinho, porém, é incapaz de ver isso, pois deseja a morte de seu rival acima de tudo.

©CuZn Moyou Tangman Culture

Com o fator de saber o futuro, muitas coisas se tornam interessantes. Afinal, ele pode controlar os eventos sabendo suas datas exatas. O primeiro despertar de seu rival, a derrota de Kosov, o ataque ao hospital e etc. Mas, ele não sabe tudo, pois mesmo no futuro, muitos de seus aliados mantinham suas identidades secretas.

Ye Mu se esforça para manter Ling Chen em um caminho bom. Assim como todos ao seu redor. Mesmo não sabendo quem ele é, as pessoas parecem estar tentando impedir que ele se torne Panlos. Muitos dos acidentes que lhe tornaram sem coração já foram impedidos, contudo, muitos ainda estão para acontecer.

Além deles, há pessoas que eram seus inimigos em outra vida, entretanto, se tornaram amigos nessa. Futuros aliados apareceram antes da hora também. Como a senhorita (sempre esqueço o nome dela, então vamos chamá-la assim). Uma personagem interessante que faz eventos ocorrerem antes do esperado, lhe dando um fardo que ela só deveria carregar no futuro.

Conclusão

Villain Initialization é uma obra com pouco público, assim como Dungeon Reset. Recomendo para todos buscando uma história diferente do habitual. Afinal, todos estamos acostumados com Isekai, Slice, Escolar, Fantasia e etc. Algo fora da casinha é sempre interessante, tipo Chainsaw Man.

Sim, Panlos é um nome de vilão ridículo e eu ri horrores disso no primeiro capítulo. Mas, fazer o que, vilões sempre têm que escolher nomes horríveis.

Outro comentário interessante: se Ling Chen não tem mais motivos para isso, por que ser um vilão? Isso é algo que o autor ainda não respondeu, pelo menos até a data de publicação desse artigo, quem sabe em um futuro próximo não tenhamos a resposta?

Não se esqueçam de dar uma chance para a história! Vale a pena tentar. Se não gostar, é outra história.

©CuZn Moyou Tangman Culture

Leia mais recomendações em nosso site.

Posts relacionados

Shuumatsu no Valkyrie: mais do que apenas um Ragnarok

Bruno Valentim

Black Clover: 4 grandes momentos do Arco Floresta das Bruxas

Wilson

Anicafé indica: Himesama Goumon no Jikan desu

Marcelo Almeida
error: O conteúdo está protegido !!