Blog Editorial

Editora NewPop: algumas das melhores obras de 2021

Ano passado, apesar das dificuldades que tivemos, muito por conta do Covid, não foi um ano ruim para os lançamentos de mangá aqui no Brasil. Principalmente quando levamos em conta que a nossa queridinha NewPop vem cada vez mais tentando trazer obras de diferentes nichos e diversificar tanto o nosso mercado, quanto o seu catálogo.

Assim, agora que iniciamos um novo ano com expectativas altas, que tal rever o que a editora ofereceu de melhor dentre tudo o que lançaram no ano passado?

Vamos dar uma passada pelos melhores títulos tanto na questão história e importância. Passaremos também pelo acabamento gráfico provido pela editora, que é sempre impecável.

Kamen Rider
©NewPop/Shotaro ISHInoMORI

Começando com um clássico para os fãs de Tokusatsu, inclusive para aqueles que querem entrar nesse nicho da cultura nipônica, o mangá do primeiro Kamen Rider. Uma obra que é uma ótima porta de entrada para o gênero.

O mangá é uma adaptação da primeira série de 1971 da icônica franquia que cruzou décadas até os dias de hoje. Escrito e desenhado por Shotaro ISHInoMORI, também autor de Cyborg 009, a história acompanha Takeshi Hongo, um estudante que acaba sendo sequestrado pela organização Shocker, por conta de seu intelecto alto.

Quando raptado, ele acaba se transformando em um super-humano, que utiliza seus novos poderes em prol da justiça como o Kamen Rider.

Além de uma história muito bem contada e que se mantém atual até os dias de hoje, a NewPop nos fez o favor de dar um acabamento ótimo para o mangá.

Tendo capa cartonada com orelhas e um design que remete a arte clássica presente na obra, o mangá é um belíssimo item para se ter na estante.

Caso você tenha interesse em conhecer a história do primeiro Kamen Rider ou esteja interessado em entrar no mundo do Tokusatsu, a NewPop te deu uma ótima porta de entrada que já está completa em 3 volumes.

Houseki no Kuni
©NewPop/Haruko Ichikawa

Agora, passando para uma obra que teve bastante fama pelo seu anime: Houseki no Kuni. A obra ganhou o título em português de Terra das Gemas.

Escrito e ilustrado pelo mangaká Haruko Ichikawa, a história gira em torno do país das pedras preciosas. Na obra, nossa protagonista Phosphophyllite, diferente de todas as outras gemas, não tem um papel importante dentro da comunidade. Entretanto, depois de certos eventos, ela começará a entender as verdades em torno desse mundo.

Assim como Kamen Rider, a versão nacional de Houseki no Kuni conta com uma capa muito bem acabada. Entretanto, para dar um charme só seu, apresenta efeitos especiais de brilho em reflexo a luz para dar um charme especial e referenciar as jóias da história.

Caso você já tenha visto o anime, sabe o que te aguarda na história, mas se essa for sua primeira viagem, não vai se arrepender.

Record of Ragnarok
©NewPop/Shinya Umemura, Takumi Fukui, Ajichika

Agora, um mangá que nós já comentamos aqui no Anicafé antes e que vai agradar muito os amantes de uma boa história de torneio, Record of Ragnarok ou Shuumatsu no Valkyrie.

A história criada pelos dois autores Shinya Umemura e Takumi Fukui, ilustrada por Ajichika, gira em torno do torneio do Ragnarok, organizado pela Valquíria Brynhildr. Na obra, esse torneio tem como objetivo a vitória dos humanos sobre os deuses para tentar impedir que eles destruam a humanidade.

E para isso, 13 figuras históricas como Jack, o Estripador, Qin Shi Huang e até mesmo Adão, enfrentaram 13 deuses de diferentes mitologias.

Para os que já conhecem a história, ter seus volumes na coleção é algo imperdível.

Ademais, a edição da NewPop está linda, com uma capa de dimensões maiores que o normal dos mangás nacionais e em suas páginas papel offset, para que se mantenha a qualidade da arte ao máximo.

E claro, para você que não conhece essa história ainda, não perca seu tempo e adquira o seu.

Um mangá de torneio sincero, que sabe usar seus personagens e violência da melhor forma possíve, e que com certeza vai te encantar.

Uchuu Senkan Yamato
©NewPop/Leiji Matsumoto

Para finalizar, esse segue a mesma linha de coleção histórica que a editora lançou em 2020 com Devilman e Cutie Honey do mestre Go Nagai. Mas, dessa vez, com outro clássico nipônico importantíssimo e imperdível, Patrulha Estelar Yamato, de Leiji Matsumoto, como ficou localizado.

A história começa no ano de 2199, quando a Terra está em seus últimos suspiros por conta de radiação causada pela guerra contra o império Gamilas. Em determinado momento, os humanos recebem um chamado do espaço.

Plano para usar a tecnologia do “motor de ondas” para chegarem ao planeta Iskandar e lá, achar a substância para salvar a Terra. O encarregado dessa última esperança é o encouraçado de 250 anos, Yamato.

Assim como as outras duas edições dessa linha da NewPop, Yamato conta com uma capa dura dentro do padrão da linha de edições históricas. O material suporta quase 650 páginas, te apresentando a história da Patrulha Estelar completa em 1 único volume.

Por fim, para quem é amante de uma Ópera Espacial ou só curte uma ótima história, Yamato é uma ótima escolha.

Uma obra que demostra o porquê de ser um dos clássicos nipônicos mais importantes já feitos, tanto quanto Getter Robo ou Cutie Honey.

Veja mais recomendações.

Conheça a Editora NewPop

Visite os nossos parceiros! Nerd Sem Óculos, Animeverso e Blog LD

Posts relacionados

Monogatari Series: conheça mais sobre Mayoi Hachikuji

Marcelo Almeida

Dandadan: conheça mais sobre o peculiar mangá

Marcelo Almeida

Rei Kiriyama: saiba mais sobre o protagonista de Sangatsu no Lion

Wilson
error: O conteúdo está protegido !!