Blog Editorial

Kaiju No.8: a grande promessa da JUMP

Matsumoto, Naoya/Shounen JUMP+

Se Dragon Ball, Naruto, One Piece e Bleach, além de outros grandes nomes, carregaram a fama da JUMP, Kimetsu no Yaiba e Jujutsu Kaisen fizeram isso chegar a outro patamar.

Naturalmente, a expectativa para novas obras serem tão boas, ou até melhores, que as citadas a cima, faz com que você fique sempre curioso para saber quando vai aparecer a nova grande promessa da revista.

Kaiju No. 8 ainda está nos seus estágios iniciais, mas já promete ser um dos grandes carros-chefes da revista quando chegar a hora de receber seu anime o que não deve demorar muito.

Simples e prático

Como a maioria dos battle shounens, Kaiju No.8 é bem simples.

A história acompanha Kafta, um jovem que perdeu sua casa em uma ataque de Kaiju e decidiu se tornar parte da força de defesa japonesa junto de sua amiga para eliminar essas criaturas.

Vários anos depois, e tendo fracassado diversas vezes nos testes, Kafta abandonou seu sonho e se tornou um limpador de resto de kaijus.

Durante uma dessas limpezas, Kafta salva um novato e é atacado por um kaiju pequeno, que o transforma em uma dessas criaturas de escala menor.

Após certos eventos, Kafta fica conhecido como o Kaiju No.8, um dos raros casos que conseguiu escapar da força de defesa japonesa.

Jornada de herói

Como dá para ver pela sinopse, Kaiju No.8 tem uma proposta simples que carrega bastante inspirações em grandes obras.

Você tem um pouco de Attack on Titan, Boku no Hero Academia, One Punch e várias outras obras que seguem propostas parecidas.

Isso não significa que Kaiju No.8 não tenha identidade, muito pelo contrário, tudo na obra funciona muito bem e com um carisma considerável.

É quase certo se apegar ao Kafta e seu jeitão descontraído, além de torcer muito para ele conseguir se aproximar da Mina, a amiga de infância com quem ele fez a promessa de entrar junto na força de defesa.

Os outros personagens também tem papéis bem relevantes, além de histórias pessoais que conseguem sua atenção.

Como o mangá ainda está começando a profundar na história, nem todos os personagens tiveram seu merecido espaço, mas os que tiveram fizeram isso muito bem.

Matsumoto, Naoya/Shounen JUMP+
Batalha de gigantes

Em termos de lutas, Kaiju No.8 também se sai muito bem.

Os confrontos são sempre interessantes, tendo aquela tensão sobre descobrirem a identidade do Kafta e acabarem matando ele por também ser um kaiju.

No decorrer da história, outros elementos vão surgindo e adicionando muito mais camadas a esse confronto de humanidade x kaijus.

O autor também tem um ótimo traço, o que garante cenas bem legais de ler e acompanhar.

Considerações finais

Kaiju No.8 com toda certeza é uma obra que vale a pena acompanhar. A simplicidade do história faz com que a obra funcione muito bem, trazendo aquilo que muitos procuram em mangás shounen.

A história tem um ótimo espaço para evoluir e se tornar ainda mais interessante, além de deixar sempre aquele sentimento que querer continuar lendo.

Descubra mais recomendações de nossa equipe.
Visite os nossos parceiros! Nerd Sem ÓculosAnimeverso e Blog LD

 

Posts relacionados

Monogatari series: conheça mais sobre Kanbaru Suruga

Marcelo Almeida

Análise: Granbelm

Jacó Neto

My Hero Academia: personagens que merecem mais destaque

Wilson
error: O conteúdo está protegido !!