Blog Editorial

My Hero Academia: personagens que merecem mais destaque parte 2

©Bones/Kohei Horikoshi

Semana passada, falamos um pouco sobre os alunos da Classe 1-A que mereciam mais destaque em My Hero Academia. Mas assim como dito anteriormente, a obra possui um elenco enorme que utrapassa a sala de aula de Izuku.

Chegou a hora de falarmos de outros personagens que ainda não receberam a devida atenção na tão famosa obra de Kohei Horikoshi.

Present Mic
©Bones/Kohei Horikoshi

O professor de inglês da Classe 1-A, Present Mic, está presente na série desde o começo. Entretanto, a maioria das participações do personagem até o momento foi como apresentador de eventos escolares, de modo que quase não o vimos em combate.

Até onde sabemos, Present Mic continua ativo como herói profissional, então seria interessante vê-lo em ação mais vezes. Mas, a julgar pelos últimos episódios da quinta temporada, isso está prestes a mudar.

Um amigo do tempo de escola de Present Mic e Eraserhead foi cruelmente usado pela Liga de Vilões e, portanto, os dois devem se envolver mais nos próximos confrontos com a Liga.

Spinner
©Bones/Kohei Horikoshi

Falando em vilões, eles recentemente receberam um arco só deles na última temporada. Entretanto, para aqueles que esperavam conhecer mais do vilão Spinner, acabaram por ficar a ver navios.

O personagem ainda participa da ação ativamente, mas sua personalidade e motivações foram sendo esquecidas com o tempo.

No início, Spinner se revelou um vilão com uma imensa admiração por Stain e também com um forte senso de moralidade. Em determinado momento, ele até se questiona se os ideais da Liga se alinham aos dele, e tudo parecia indicar uma relação conturbada entre ele e os outros vilões.

Pois bem, quaisquer que tenham sido os dilemas na cabeça de Spinner, eles já devem ter se dissipado, porque nos arcos recentes ele parece totalmente fiel ao Shigaraki e à Liga, de uma forma que ainda não ficou muito claro o motivo da mudança.

Classe 1-B
©Bones/Kohei Horikoshi

Apesar de Kohei Horikoshi ter criado perfis interessantes para cada um, os alunos da Classe 1-B são muito pouco explorados na obra e alguns só alguns deles tiveram seus dons revelados recentemente, no Arco de Treinamento Conjunto.

Kendo, Tetsutetsu e Monoma são os únicos com participações frequentes e, ainda assim, bem pequenas em comparação com os demais personagens da obra.

Veja por exemplo o caso de Ibara Shiozaki. A aluna da Classe 1-B finalizou com a melhor classificação no Festival Esportivo, além de possuir um dom muito versátil, que pode ser usado para ataque, defesa e estratégia de campo. Ela seria uma ótima adição na luta contra os vilões da trama, mas assim como o resto da turma, Ibara só teve pequenas aparições até o treinamento conjunto dessa última temporada.

É de se esperar que a Classe 1-A seja o foco da narrativa, mas isso não significa que os alunos da 1-B precisem ficar tão apagados, principalmente depois que o anime levou tanto tempo apresentando as habilidades de cada um na quinta temporada.

Espero que isso seja sinal de um maior envolvimento da Classe 1-B nos próximos arcos.

Inko Midoriya
©Bones/Kohei Horikoshi

Todos sabem que os pais de protagonistas em battle shounen não costumam ter destaque, mas a mãe de Deku já deve estar batendo um recorde. Desde que o colégio U.A. adotou o sistema de internato, Inko praticamente sumiu.

Claro que não esperamos que Inko vista uma capa e vá dar uma surra na Liga de Vilões, mas o papel dela na jornada do filho deveria receber mais relevância na narrativa.

A personagem foi a pessoa que mais acompanhou de perto o desejo de Izuku em se tornar herói, e ainda se culpou por não conseguir ajudar o filho nesse sonho. Agora, Inko não pode ao menos acompanhar a evolução do filho a caminho desse objetivo. Na quinta temporada, por exemplo, ela apareceu em apenas um episódio.

Considerando ainda que o pai do Izuku não apareceu até agora, isso faz parecer com que a família seja pouco relevante na jornada do garoto.

Gentle Criminal e La Brava
©Bones/Kohei Horikoshi

Os carismáticos vilões Gentle Criminal e La Brava foram os principais inimigos do Arco do Festival Escolar. Apesar de não serem uma ameaça tão grande quanto a Liga de Vilões, os dois personagens foram muito bem construídos.

A história de duas pessoas que queriam fazer o bem, mas entraram no mundo do crime por circustâncias infelizes na vida serviu como ótimo contraponto à jornada de herói do Izuku, especialmente Gentle, que compartilhava do mesmo sonho de ser herói.

Ao final do arco, tudo indica que os dois estão a caminho de se redimir e consertar os seus erros, mas não os vimos novamente desde então.

A torcida é para que eles reapareçam em breve, dessa vez trabalhando ao lado dos heróis.

Veja mais recomendações.
Visite os nossos parceiros! Nerd Sem ÓculosAnimeverso e Blog LD

Posts relacionados

Shaman King 2021: o simpático reboot de um sucesso

Wilson

Monogatari Series: conheça mais sobre Mayoi Hachikuji

Marcelo Almeida
error: O conteúdo está protegido !!