Blog Editorial

Wonder Egg Priority e seus temas sensíveis

©Nojima Shinji/Cloverworks

Wonder Egg Priority foi um anime que me surpreendeu positivamente na temporada de janeiro. A obra traz temas e ideias bem interessantes.

Se ainda está em dúvida sobre assistir ou não esse anime, talvez conhecer melhor um pouco do que a obra aborda em sua história ajude-o a tomar uma decisão.

Sendo assim, vamos ao que interessa.

Um maravilhoso mundo não tão bonito assim

Para quem não conhece, Wonder Egg conta a história de Ai, uma garota que passou por problemas após saber que sua única e melhor amiga cometeu suicídio.

Enquanto caminhava sem rumo, Ai escutou uma voz que dizia poder trazer sua amiga de volta, desde que ela quebrasse um ovo e assumisse o risco de enfrentar certas criaturas em um mundo dos sonhos.

Obstinada a ressuscitar sua amiga, Ai decide aceitar a oferta e ir atrás do seu “Wonder Egg”, ou mais especificamente, de uma forma de salvar sua amiga.

A partir daí, nós vamos para diferentes mundos, com diferentes personagens, cada um com uma história única e que certamente te comoverá.

Pisando em ovos

Wonder Egg me encantou bastante por trazer temas pesados, mas de uma forma que não te choca, mesmo que ainda te coloque para pensar.

Cada novo mundo que a Ai e suas amigas visitam contam uma história própria, muitas vezes envolvendo passados traumáticos, como abusos sexuais, exploração, violência e bullying.

Isso tudo acaba sendo importante para construir o cenário do anime, já que as garotas que saem dos ovos cometeram suicido, assim como a amiga da Ai.

Esse tema é a chave de toda a história, que acaba se desdobrando em diferentes aspectos, como citei mais acima.

Levando em consideração como o Japão é, infelizmente, conhecido por seu alto índice de suicídios, esse tema pesa ainda mais, já que dá a oportunidade para as vítimas se explicarem e apresentarem os porquês de terem tomado aquela atitude.

Fragilidade do ego

Uma das interpretações que eu tenho para mim sobre o anime, seria a de um jogo de palavras com “Egg” e “Ego”, no qual ambas se pronunciam quase da mesma forma em japonês.

Um ovo, assim como o ego, é algo que pode ser facilmente quebrado, mesmo que ironicamente esteja envolto por uma proteção.

O próprio ato das garotas terem que quebrar os ovos para poderem entrar no mundo dos sonhos já me remete a essa ideia, já que somente quando fazem isso é que conseguem ter acesso a fragilidade das outras meninas e entender o que se passou com elas.

Algumas garotas resistem a ajuda, outras nem mesmo se importam com o que vai acontecer, enquanto que, em certos casos, elas mesmas são as “vilãs; tudo isso moldando o mundo em que elas estão.

Seguindo em frente

Por fim, mas não menos importante, Wonder Egg tem um desenvolvimento de personagens bom. Claro, podia ser melhor com mais tempo, mas ele entrega bem o que precisa.

Os diferentes temas que aparecem, como suicídio, bullying, identidade de gênero e afins se apresentam de forma adequada, sempre levando em consideração o lado das vítimas.

Em especial, um dos que mais me chamou a atenção foi o tema de identidade de gênero. Esse dilema, que, para alguns, pode parecer bobo, é muito bem explorado no anime, levando as personagens a terem uma aceitação e entendimento da sua situação — o que é difícil de se ver em outros lugares.

Até mesmo obras ocidentais não costumam usar esse tema muito bem, na minha opinião. Entretanto, aqui a coisa foi diferente e o resultado foi muito satisfatório para mim.

Na verdade, eu diria que todos os temas foram bem abordados a sua maneira, com cada garota conseguindo evoluir dentro da sua proposta, superando os problemas que tinham.

Considerações finais

Wonder Egg foi um anime muito bem produzido, não só na parte do roteiro como também na técnica. Olhando isoladamente, as histórias e temas que a obra abordou durante a temporada já fizeram valer a pena de se assistir ao anime.

Wonder Egg Priority está disponível no serviço de streaming Funimation.
Leia mais artigos da nossa aba de blog.
Visite os nossos parceiros! Nerd Sem ÓculosAnimeverso, Blog LD e Katsudon – Blog e Podcast

Posts relacionados

Viagens no tempo: conheça 5 animes que exploram a temática

Wilson

Bleach: as Bankai mais esperadas da nova temporada

Bruno Valentim

Kimetsu no yaiba: como a trilha sonora impactou o anime

Ingrid Raisa
error: O conteúdo está protegido !!